A Cúria do Ordinariato Militar para Portugal baseia-se nos serviços da Capelania Mor ou Chefia do Serviço de Assistência Religiosa às Forças Armadas e Forças de Segurança (CSARFA). Está instalada no Ministério da Defesa Nacional e é constituída por:

Vigário Geral: P. José Ilídio Fernandes da Costa

Chanceler: Ajud Joaquim Marçalo

Notários: João Paulo Conceição e Isidoro Branco

 

Tribunal Eclesiástico:

O Ordinariato Militar para Portugal não possui Tribunal Eclesiástico próprio. Nos termos da Bula da sua criação e dos Estatutos, o seu Tribunal de Primeira Instância é o Patriarcal de Lisboa e o de Segunda Instância é o metropolitano de Évora.

 

Conselho de Consultores

Presidido pelo Bispo, é constituído pelos Capelães Adjuntos (o Capelão-Chefe de cada Ramo

das Forças Armadas e o da Guarda Nacional Republicana e da Polícia de Segurança Pública),

bem como pelo Chanceler, que secretaria. Exerce, também, a função de Conselho Episcopal e

de Comissão Permanente do Conselho de Presbíteros. Reúne todos os meses, com excepção

de Agosto.

P. José Ilídio Fernandes da Costa (Marinha)

P. Jorge Manuel Marques de Matos (Exército)

P. Joaquim Marques Martins (Força Aérea)

P. Agostinho Rodrigues de Freitas (GNR)

P. João Luís Correia Fanha da Graça (PSP)

 

Conselho Presbiteral

Reúne, ordinariamente, três vezes por ano. Possui mandato de três anos. É constituído por

membros eleitos e membros natos.

Frei António Teixeira, OFM (pelos sacerdotes reformados)

P. Joaquim Nazaré Domingos (Marinha)

P. Jorge Manuel Lages Almeida (Força Aérea)

P. António José Marques Santiago (Exército)

P. Paulo Jorge Silva (Exército)

P. José Ilídio Fernandes da Costa (membro nato)

P. Jorge Manuel Marques de Matos (membro nato)

P. Joaquim Marques Martins (membro nato)

P. Agostinho Rodrigues de Freitas (membro nato)

P. João Luís Correia Fanha da Graça (membro nato)

P. António Rodrigues Borges da Silva (GNR).