O culto e a devoção a Maria, em Portugal, tem início na fundação da Nacionalidade Portuguesa com a devoção a Nossa Senhora da Oliveira, em Guimarães.

Atravessa toda a história dos Reis de Portugal e tem o seu apogeu com a Consagração de Portugal a Nossa Senhora da Conceição de Vila Viçosa pelo Rei D. João IV.

Em Portugal existem inúmeras pessoas com o nome de Maria, conforme o culto, a fé e a devoção a Nossa Senhora: Maria de Fátima, Maria de Lurdes, Maria do Carmo, Maria da Conceição, Maria do Rosário…

Através da arte (da escultura, da pintura) descobre-se, abre-se ao nosso coração, a singular beleza, o encanto desta humilde Serva, escolhida por Deus, para ser a Mãe do Seu Filho, a nossa Mãe. A arte ajuda a nossa alma a mergulhar no mistério mais profundo, de um Deus que nos habita e nos compromete.

Neste sentido, o Capelão do Regimento de Engenharia Nº3 (Espinho), resolveu realizar uma exposição literária e artística, na Capela da Unidade, que esteve exposta durante o mês de Maio aos Militares e aberta às Paróquias vizinhas, com 49 imagens, 17 quadros e dezenas de livros, santinhos e postais ilustrados de culto e devoção a Nossa Senhora.

O CAPELÃO DO RE3

BENJAMIM DE SOUSA E SILVA